A Natação no Brasil

 
A natação é considerada competição a partir de 1898, quando o Clube de Natação e Regatas, do Rio de Janeiro, realiza o 1º Campeonato Brasileiro.
O percurso escolhido tem distância de 1500 metros, da Fortaleza Villegaignon até a praia de Santa Luzia. Em 1913, as provas (concursos aquáticos) são organizadas pela Federação Brasileira das Sociedades de Remo e realizadas na Enseada de Botafogo, no Rio.

A partir de 1914, a natação passa a ser promovida pela Confederação Brasileira de Desportos.
As primeiras piscinas para competições são construídas em 1919, pelo Fluminense Futebol Clube, no Rio, e em 1923, pela Associação Atlética São Paulo, em São Paulo.

O primeiro destaque brasileiro no exterior é uma mulher: Maria Lenk, recordista nos 200 e 400 metros nado de peito em 1939. Nas Olímpidas de 1952, em Helsinque, Filândia, Tetsuo Okamoto conquista medalha de bronse na prova dos 1500 metros e, em 1961, Manuel dos Santos bate o recorde mundial dos 100 metros nado livre, com o tempo de 53s6.

Recentemente, o Brasil já é destaque internacional com os nadadores brasileiros, tendo em seu currículo campeões e recordistas mundiais e olímpicos.
2016 © ANMPE - Associação dos Nadadores Masters de Pernambuco - Todos os direitos reservados.